Projeto de Cabeamento Estruturado

O Projeto de Cabeamento Estruturado pode ser a solução para os seus problemas com telefonia, dados ou internet.

Hoje em dia existe um tipo de cabeamento que dá flexibilidade, robustez e acessibilidade ao sistema de informações de uma empresa, o Cabeamento Estruturado.

Mas você já ouviu falar? Sabe o que é?

O cabeamento estruturado remonta às tecnologias de redes dos anos 1980, período em que empresas de telecomunicações e computação, como AT&T, Dec e IBM criaram seus próprios sistemas proprietários de cabeamento.

Nos anos 1990, o cabeamento estruturado progrediu enormemente por meio da introdução do cabo de par trançado, cabo criado para diminuir as interferências eletromagnéticas e substituir o antigo sistema de distribuição dos cabos, conhecido como sistema estrela. Nesse sentido, a criação das normas internacionais EIA/TIA e ISO ajudou a padronizar cabos, conectores e procedimentos.

O sistema vem sendo atualizado constantemente com grandes investimentos dos maiores fabricantes de tecnologia neste seguimento. A medida que avança, o sistema de cabeamento estruturado ganha robustez e maior capacidade no trafego de conteúdo (dados, voz, imagem) e no sistema de gerenciamento por software do layout que proporciona ainda mais agilidade e assertividade para o gestor de infraestrutura de cabeamento.

projedo-de-cabeamento-estruturado

Como funciona esse cabeamento?

Esse tipo de cabeamento é uma maneira padronizada de instalar os cabos de uma rede de comunicação (independentemente do seu tipo de utilização: telefonia, dados, internet, etc) minimizando custos, maximizando possíveis expansibilidades futuras e alteração de layout. Esse estudo visa tornar a infraestrutura de cabos autônoma quanto ao tipo de aplicação, permitindo a ligação à uma rede de servidores, estações de trabalho, impressoras, telefones, switches e roteadores através do mesmo cabo de uma única infraestrutura de rede (tomadas, conectores, painéis).

A ideia básica é fornecer ao ambiente de trabalho um sistema de cabeamento unificado que facilite a instalação, remoção, remanejamento de equipamentos e usuários, além de promover a documentação da infraestrutura de tecnologia viabilizando a melhor utilização do espaço e dos seus recursos tecnológicos.

Como ele é formado?

Um sistema de cabeamento estruturado, realizado de acordo com a norma brasileira NBR 14.565, é formado por seis partes fundamentais:

1 – Entrada do Edifício – EF (Entrance Facilities)
2 – Sala de Equipamentos – ER (Equipment Room)
3 – Rede Primária ou Cabeamento Vertical – BC (Backbone Cabling)
4 – Sala de Telecomunicações – TR (Telecommunications Room)
5 – Rede Secundária ou Cabeamento Horizontal – HC (Horizontal Cabling)
6 – Área de Trabalho – WA (Work Area)

Por que pedir um projeto de cabeamento estruturado?

Um ambiente de trabalho propício ao sucesso exige flexibilidade para enfrentar as mudanças constantes, a reorganização das pessoas e de seus espaços, além da exigência do mercado para que você se mantenha com aparelhos modernos. Muitas das vezes essa movimentação exige a troca de equipamentos de lugar ou a instalação de mais ou novos aparelhos. Se o ambiente tiver sido projetado com cabeamento estruturado, não haverá problemas quanto a toda mudança que poderá ser feita.

Outra situação recorrente é a perda de tempo de trabalho quando é feita a manutenção da rede. Com a documentação do cabeamento estruturado em mãos, essa manutenção tende a ser executada mais rapidamente e com maior eficiência, diminuindo a ociosidade dos colaboradores da empresa.

projedo-de-cabeamento-estruturado

E as vantagens ainda são maiores, como por exemplo:

Suporte a diversos padrões de comunicação através do mesmo meio físico padronizado;
Possuir arquitetura aberta (conectividade entre produtos de diversos fabricantes);
Aderência às normas nacionais e internacionais;
Localização fácil de um cabo no sistema devido à identificação em todo o canal;
Facilidade na manutenção de uma área de trabalho;
Facilidade na substituição de um ativo de rede caso seja necessário, devido à ordenação dos cabos;
Documentação técnica que permite que uma nova implantação ou alteração seja realizada por um profissional, que não tenha atuado na implantação inicial.

A Rodrigues Projetos elabora e executa projeto de cabeamento estruturado para sua residência ou empresa. Clique aqui e entre contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up