Riscos de incêndios, obrigam postos de combustíveis terem AVCB

Postos de combustíveis são obrigados a terem AVCB

Posto de combustíveis é um dos empreendimentos que podemos considerar como área de risco, afinal, como o próprio nome aponta, negócio lida com todo tipo de combustível, tornando-se um risco constante aos funcionários, clientes e localidade em que está instalado. Por isso, quando se trata de segurança, principalmente em relação a incêndios, todo cuidado é bem-vindo. Seguir normas técnicas é fundamental para não oferecer riscos.

Assim como em outros empreendimentos, o responsável pelo posto de combustíveis é obrigado a adotar medidas de combate a incêndio e obter junto ao Corpo de Bombeiros o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Sem a licença, o posto fica impedido de funcional. O documento comprova que a empresa possui proteção contra incêndios e está apta a trabalhar com produtos inflamáveis.

Mas, é preciso ficar atento a validade da certificação, já que o Corpo de Bombeiros determina uma data para revalidação. Ou seja, no período estabelecido pelo órgão o posto de combustível terá que contratar um engenheiro que deverá atestar as boas condições de funcionamento e segurança no que diz respeito a prevenção e combate a incêndio. Caso seja detectado algum problema técnico, é necessário corrigi-lo o mais rápido possível, senão as atividades da empresa poderão ser paralisadas até a solução dos erros detectados.

Entre as medidas adotadas no projeto técnico de segurança contra incêndios em postos de combustíveis e outras edificações, estão:

– Nas edificações em que há armazenamento de gases inflamáveis, líquidos combustíveis ou inflamáveis, devem ser observados os afastamentos e demais condições de segurança, exigidos por legislação específica.

– Os extintores devem ser escolhidos de modo a serem adequados à extinção dos tipos de incêndios, dentro de sua área de proteção, devendo ser intercalados na proporção de dois extintores para o risco predominante e um para o secundário.

– Deve ser instalado, pelo menos, um extintor de incêndio a não mais de 5 metros da entrada principal da edificação e das escadas nos demais pavimentos.

– Cada pavimento deve ser protegido, no mínimo, por duas unidades extintoras distintas, sendo uma para incêndio de classe A e outra para classes B:C ou duas unidades extintoras para classes ABC.

– Os extintores devem estar desobstruídos e sinalizados.

– Locais com riscos específicos devem ser instalados extintores de incêndio, independente da proteção geral da edificação ou área de risco, tais como: casa de caldeira, casa de bombas, casa de força elétrica, casa de máquinas; galeria de transmissão, incinerador, elevador (casa de máquinas), escada rolante (casa de máquinas), quadro de redução para baixa tensão, transformadores, contêineres de telefonia, gases ou líquidos combustíveis ou inflamáveis.

Referência: Portal do AVCB

Nós da Rodrigues projetos somos especialistas e projetos de combate a incêndio. Para saber mais clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up